O que é Planejamento Patrimonial

O Planejamento Patrimonial garante que o empresário proteja seu patrimônio pessoal em casos de ações jurídicas contra a empresa, abertura de falência, instabilidades econômicas, entre outros motivos que venham a ameaçar o seu negócio.

 

 

Como o Planejamento Patrimonial pode te ajudar?

Já imaginou sua empresa crescendo, sem dívidas, sem problemas jurídicos e de repente algo inesperado acontece?

Como um cancelamento de um grande contrato, passagem por uma fiscalização, aumento relevante no preço da matéria prima ou qualquer outro fator que ameace a sobrevivência de seu negócio. Se você não tiver um Planejamento Patrimonial feito corretamente por advogados experientes, pode colocar a perder todos os seus bens.

 

Ser empresário no Brasil significa atuar com estratégia, antever e se proteger de problemas. E, mais do que nunca, ao começar um negócio o empresário deve pensar em como proteger suas conquistas. O Planejamento Patrimonial tem a finalidade de junto com o empresário, definir a melhor estratégia, para que com segurança jurídica possa resguardar seu patrimônio.

 

 

Qual o melhor momento para fazer seu Planejamento Patrimonial?

O ideal é que o Planejamento Patrimonial seja feito logo no início do negócio e seja revisado ao longo do tempo. Como o próprio nome diz, é um planejamento e deve ser feito no momento em que a empresa está saudável e sem nenhuma restrição jurídica, pois caso contrário, as ações definidas no Planejamento Patrimonial podem ser anuladas.

 

O Planejamento Patrimonial pode salvar você e sua família de danos irreversíveis, garantindo que seu patrimônio estará seguro. O escritório Trevisan, Carvalho & Trevisan possui ampla experiência em Planejamento Patrimonial, contando com advogados especializados que te atenderá de forma personalizada, entendendo como funciona seu negócio e quais os melhores caminhos a seguir. Entre em contato.

Perguntas frequentes

Confira agora as perguntas mais frequentes sobre essa nossa solução.

Meu contador pode me assessorar na preparação de um Planejamento Patrimonial?

O contador tem conhecimento de como abrir uma empresa e das implicações tributárias do dia a dia de pessoas físicas e jurídicas. Com frequência eles se oferecem para abrir uma “holding” para o cliente, dizendo que só isso é suficiente para protegê-lo. Não é! O contador não vive o dia a dia do direito, das decisões judiciais, não conhece os riscos de reconhecimento de grupo econômico em cada uma das áreas do direito. Por isso, ele provavelmente mais está expondo seu patrimônio do que o protegendo.

Quando devo fazer o Planejamento Patrimonial?

O Planejamento deve ser feito quando o empresário está livre de problemas jurídicos. Deve ser uma medida preventiva. Movimentar bens quando existem processos em andamento ou ameaça de processos, sem oferecer as devidas garantias para pagamento desta dívida, pode levar ao “desfazimento” das transferências realizadas e perda dos bens. Além disso, o empresário deixa de aproveitar algumas das vantagens tributárias.

Quais cuidados devo ter ao contratar esse tipo de serviço?

O empresário deve procurar escritórios de advocacia especializados, já que este trabalho envolve advogados de várias áreas para ser bem feito: societário, de família, imobiliário, trabalhista, cível, tributário. O processo de planejamento envolve levantar eventuais riscos e/ou passivos existentes na empresa, verificar a regularidade de bens imóveis, a organização societária do negócio e do modelo de planejamento a ser aplicado, a análise de relações familiares e de direitos de herdeiros e sucessores, a idealização do modelo mais econômico de planejamento em termos tributários, enfim, são muitos os aspectos analisados e considerados na elaboração de um Planejamento Patrimonial. O profissional deve ter experiência e transmitir segurança e de forma alguma prometer aventuras!

Quanto custa fazer um Planejamento Patrimonial?

O Planejamento em si pode representar economia futura na gestão de bens imóveis. O custo também depende da finalidade dos bens que serão objeto do planejamento e das ferramentas escolhidas na fase de apresentação de modelos. Todavia, certamente, custará muito menos que a potencial perda de um bem em decorrência de algum insucesso jurídico.

Diferenciais

O Trevisan, Carvalho & Trevisan possui um amplo conhecimento nas diversas áreas do direito, oferecendo soluções completas e efetivas para seus clientes.

 

Resolver o problema.

Tratar pessoalmente
com o cliente.

Experiência dos profissionais.

Preços justos e acessíveis.

Fusões e aquisições.

Atuação ativa no judiciário
para que o processo ande.

Depoimento de cliente

Solicite um atendimento

Estamos aguardando o seu contato. preencha o formulário
abaixo e entraremos em contato.