O cadastro positivo é um banco de dados com informações sobre o histórico de crédito de pessoas físicos e jurídicas com pontuações para quem mantem as contas em dia. Antigamente era necessário o interessado criar seu cadastro no sistema. Porém, a nova lei, sancionada em abril deste ano pelo presidente, determinou que tal cadastro passe a ser automático e facilite ainda mais o acesso a crédito com menores taxas à empresas e pessoas bem avaliadas pela pontuação.

Com isso, a partir de segunda feira, dia 10 de maio, iniciou-se a campanha para a divulgação do cadastro positivo a fim de esclarecer seu funcionamento A partir  de 9 de julho, data de encerramento da campanha, todos os consumidores incluídos automaticamente no sistema, podem, se desejar, pedir sua exclusão.

Mesmo estando negativado será possível abrir o cadastro, possibilitando que as contas pagas em dia passem a ser consideradas e as empresas possam avaliar o histórico de pagamento atual do inadimplente. Também possibilitará, por meio do cadastro positivo, que profissionais autônomos consigam seu crédito mesmo sem comprovação de renda formal.

Portanto, de acordo com o banco mundial, a implementação desta lei poderá reduzir em até 45% a inadimplência no país, sendo as avaliações utilizadas somente para a avaliação da concessão de crédito e possibilitando o acesso mais rápido por empresas e pessoas cadastradas.

TCT Advogados

Postado por: TCT Advogados, atualizado em: 27/08/2019

Desde 2011 oferecemos às empresas serviços de consultoria jurídica de forma diferenciada, com o foco principal em direito societário/empresarial, civil, trabalhista e tributário.

Comente sobre este artigo